Autor: em 04/10/2018
Tags:
Categorias: Internacional

Uma reportagem interessante da mídia independente Breitbart pulou em nossos algoritmos. A tradução foi feita livremente pelo POLITZ.

Segundo a postagem, o dono do Twitter Jack Dorsey, escolhe pessoalmente quais contas serão banidas de sua rede social, quais são as sancionadas e quais as deletadas.

A fonte original da informação confirma, “pois conversaram com diversas fontes em condições de anonimato”.

– “É o Jack que manda nós fazermos [banir as contas]. Ele que toma todas as decisões sobre banimento. Nós somos bastante espertos com isso e não deixamos rastros. Ele é muito bom em oferecer uma certa segurança para os times que agem […]”.

– As posições que ele defende publicamente são bem diferentes das posições que ele toma agora. Ele se sente desconfortável e preocupado […]”.

O Twitter frequentemente bane perfis conservadores/de direita, tanto temporariamente como permanentemente. Alguns exemplos: Roger Stone, Tommy Robinson, Sargon of Akkad, Steven Crowder, Pizza Party Ben, Sheriff David Clarke, Guccifer 2.0, e Raheem Kassam. Todos grandes influenciadores digitais do movimento direitista americano.

Em Janeiro, o engenheiro do Twitter Pranay Singh admitiu o banimento em massa de contas da rede que demonstram interesse em Deus, armas e a América.

O POLITZ sente que a qualquer momento perderá a conta na rede por conta dessa perseguição. Mas para isso, já temos um processinho engatilhado caso isso aconteça.

Qual é a sua opinião?