Segundo um estudo, o aumento da criminalidade e da violência na Alemanha está diretamente ligado a imigração na Europa

O jornal Newsweek publicou em março desse ano uma reportagem mostrando que um estudo descobriu o que todo mundo que segue o POLITZ já sabia:

A imigração para Europa através da desculpa de “direitos humanos para refugiados” está diretamente ligada ao aumento de crime e violência na Alemanha.

Uma Universidade na Alemanha verificou que o aumento de 10,4% dos crimes violentos estava ligado ao influxo de imigrantes na região sul do país.

Mais de 90% desse número está atribuído a homens e imigrantes dessa região da Alemanha, na Saxônia (de acordo com o estudo da Universidade de Ciências Aplicadas de Zurique).

Uma massa gigantesca de imigrantes lotou a União Europeia em 2015, levando mais de 1 milhão de exilados apenas para a Alemanha.

O estudo foi financiado pelo Ministério de Assuntos Familiares do país e descobriu que a maioria dos crimes violentos eram cometidos por imigrantes homens entre 14 e 30 anos, de acordo com a fonte. Tais criminosos tem mais probabilidade de serem de países do norte da África.

A reportagem não fala nada sobre a religião dos imigrantes.

Qual é a sua opinião?