Ativista e desarmamentista Malala Yousafzai, Prêmio Nobel da Paz, chega no Rio com 16 seguranças fortemente armados. A comunista também ignora as milhões de mortes causadas pela sua ideologia

A ativista paquistanesa que a esquerda adora é ganhadora de um Prêmio Nobel da Paz.

Ela também prega um mundo sem armas, com uma famosa frase: “Nossas vozes são mais poderosas que armas”. O fato curioso é que ela chegou em um restaurante de Botafogo (RJ) com 16 seguranças armados.

O especialista em segurança pública Bene Barbosa lembrou bem o fato:

Além disso tudo, ela é uma comunista/trotskista/lenista de carteirinha, ou qualquer outra porcaria que a esquerda adora.

Aparentemente os organizadores do Prêmio Nobel ignoram a sua ideologia que matou mais de 100 milhões de pessoas no mundo, causando um verdadeiro genocídio mundial em larga escala. O POLITZ defende que essas ideologias deveriam ser tratadas criminalmente no Brasil da mesma forma que o seu irmão nazismo é tratado.

Enfim, a hipocrisia, discursos duplos, medidas diferentes e outras coisas são a características típicas da esquerda.

Qual é a sua opinião?