Agenda demoníaca: Pedófilos acreditam que devem fazer parte da comunidade LGBT+. Para evitar o preconceito, também querem mudar o termo para PAM (“Pessoas Atraídas por Menores”). Só por cima do nosso cadáver.

O Mestre Olavo de Carvalho já avisava: a pedofilia (e posteriormente a necrofilia e a zoofilia) seria a próxima coisa a ser “normatizada” pela esquerda global. E não é que mais uma vez ele tinha razão?

O POLITZ é uma das poucas mídias no Brasil que vem retratando a agenda da pedofilia no Brasil e no mundo, nós fazemos questão de postar todas as notícias que encontramos sobre essas normatizações impostas pela agenda esquerdista global.

A última narrativa das mídias mainstream é que os pedófilos acreditam que devem fazer parte da comunidade LGBT, já que se colocam como uma mera opção sexual por crianças e adolescentes.

Eles também querem mudar o termo “pedófilo” para MAP (“Minor Attracted Persons”) ou no brasileiro: “Pessoas Atraídas por Menores” (PAM), numa tentativa patética de combater o “preconceito”.

De acordo com o Dicionário Urbano, o termo “MAP” incluí todas as categorias de crianças (pré-puberdade, puberdade e pós-puberdade). Alguns até se classificam como “Pessoas Atraídas por Menores Não Praticantes”, ou, no termo americano: “Non-Offending Minor Attracted Persons”.

[Pausa para vômito, repulsa e nojo].

Está sendo divulgada na internet a bandeira que representa o movimento de “orgulho pedófilo”. Se vocês verem, já sabem. Até as cores são infantilizadas:

Então, se vocês verem alguém carregando essa bandeira por aí, já sabem.

Segundo a reportagem, a comunidade dos pedófilos tenta angariar simpatizantes porque são “mal entendidos” e um “grupo marginalizado”, e “muitas vezes” nem fazem nada contra crianças e em outros casos, eles até conseguem permissão das crianças e por isso não podem ser vilanizados.

[Caralho, vocês que me desculpem mas não estou conseguindo escrever esse artigo normalmente. Quero socar meu computador e arrebentar na porrada o jornalista que escreveu essa bosta que tenho que ficar traduzindo como se fosse uma coisa normal].

A porcaria da notícia ainda termina mostrando que diversos blogs e Tumblr existentes que demonstram apoio para esse grupo, que tentam criar “espaços seguros” para eles.

Vai tomar no cu, não vou conseguir terminar de escrever isso.

Só por cima do nosso cadáver.


Enfim, o que eu queria mostrar para vocês é que a agenda de normatização da pedofilia está em curso no Brasil e no mundo.

Hoje pela manhã, repostamos uma publicação do artista de maior sucesso atualmente na TV brasileira, Danilo Gentili, onde ele mostra a sua opinião sobre o assunto. Até agora, foi a única figura pública a se manifestar publicamente sobre o tema. Sentimos tanto orgulho do apresentador que também respondemos:

Aguardem a sua mídia mainstream favorita colocando tudo isso como algo completamente normal e crucificando os que são contras, taxando-os como pessoas radicais, intolerantes, fundamentalistas e todos aqueles termos que a esquerda usa para calar quem discorda das narrativas deles.

O digital influencer Gabriel Pinheiro também postou uma informação importante:

A ANTIFA, para quem não lembra, é aquele grupo terrorista da extrema esquerda. E a NAMBLA, a gente deixa para vocês pesquisarem como tarefa de casa.

A jornalista Brina também mostrou a sua revolta sobre o assunto:

 

One response to Agenda demoníaca: Pedófilos acreditam que devem fazer parte da comunidade LGBT+. Para evitar o preconceito, também querem mudar o termo para PAM (“Pessoas Atraídas por Menores”). Só por cima do nosso cadáver.

  1. Celso julho 14th, 2018 at 22:19

    Perdão, mas ainda estou vomitando…….
    Só por cima do nosso cadáver.

    Responder

Qual é a sua opinião?