DCE’s do Brasil inteiro devem estar chorando, a esquerda desesperada e os partidos aliados a ditadura não deram um pio.

Pois finalmente, como acontece 100% das vezes em governos esquerdistas, o ditador comunista da Venezuela admitiu nessa terça-feira que o modelo socialista do país “falhou”.

– “O modelo de produção que nós tentamos falhou e a responsabilidade é nossa, minha e sua”.

Maduro soltou essa frase memorável, provavelmente querendo culpar outros por terem elegido ele, ao Partido Socialista Unido, segundo reportagem da AFP.

– “Chega de choradeira. Nós precisamos produzir com ou sem agressões externas, com ou sem bloqueios comerciais, nós precisamos fazer da Venezuela uma potência econômica. Sem mais reclamações, eu preciso de soluções camaradas!”, disse o ditador posteriormente.

O que a esquerda aparentemente esqueceu é que a Venezuela era uma das maiores potências da América Latina, até que a esquerda tomou o poder e implementou uma ditadura socialista.

Isso que aconteceu.

One response to Ditador comunista da Venezuela Nicolas Maduro admite que o modelo socialista “Falhou”

  1. red13th agosto 3rd, 2018 at 16:23

    Mas que texto horrendo, praticamente sem conteúdo, só grito.
    A Venezuela não é e nem nunca foi socialista, qualquer rapazote na quinta série sabe que o pressuposto básico do socialismo é a expropriação da propriedade privada. A burguesia venezuelana não é e nem nunca foi ameaçada por seu governo.
    E de onde você tirou que era uma potência antes do “socialismo” (sic)? A Venezuela entrou em colapso social justamente por implementar políticas neoliberais na década de 1980, e foi justamente isso que abriu espaço pra ascensão do Chávez.

    Responder

Qual é a sua opinião?