Autor: em 11/06/2017
Tags:
Categorias: Brasil

Nível de Confiança da Informação: Altíssima.
Clique no link “Ir Para Fonte Original…” para ser direcionado para a matéria.

GARANTIA POLITZ: INFORMAÇÃO CAPTADA E DEVIDAMENTE VERIFICADA PELO ALGORITMO EXCLUSIVO DO POLITZ.


Segundo a fonte da reportagem, João Doria defendeu uma grande união/frente política de todos os governistas contra o ex-presidente comunista Lula da Silva e o militar Jair Bolsonaro, na TV Bandeirantes.

Vejam as declarações do presidenciável:

“O que eu defendo hoje é que o PSDB possa ter uma candidatura pacificadora, aglutinadora e principalmente que as forças de centro estejam unidas. Caso contrário teremos um segundo turno da eleição disputado por Bolsonaro e Lula. O Lula, se você não tiver muita força e muita tenacidade, você sucumbe diante dele. Ele engole você. O Bolsonaro não é diferente, com outro estilo, com outro jeito. A meu ver, com todo o desgaste circunstancial, o PMDB deve fazer parte dessa frente ampla”

Será que João Doria ainda não percebeu que a base eleitoral de Bolsonaro é extremamente fiel ao candidato?

Bolsonaro representa o que o brasileiro médio em geral está cansado da velha política. E Doria está fazendo o velho jogo da velha política.