Autor: em 10/06/2017
Tags:
Categorias: Brasil

“Nós [militares] voltaremos ao poder pelo voto!” – diz Bolsonaro para uma multidão em Belém.

Nível de Confiança da Informação: Altíssima.
Clique no link “Ir Para Fonte Original…” para ser direcionado para a matéria.

GARANTIA POLITZ: INFORMAÇÃO CAPTADA E DEVIDAMENTE VERIFICADA PELO ALGORITMO EXCLUSIVO DO POLITZ.


Jair Bolsonaro, um dos poucos políticos de direita do Brasil foi recebido em Belém do Pará por uma multidão gigantesca.

O POLITZ até publicou um vídeo da sua chegada no aeroporto:

Em seu discurso feito, ele declarou que os militares voltarão ao poder através do voto.

O mais engraçado é que a esquerda chora cada vez que vê um militar tendo um apoio gigantesco da população e usando a ferramenta mais importante da democracia: o voto.

Segue um trecho restante da reportagem:

Em seu discurso, Bolsonaro disse que os membros do PSOL “tem cérebro de ovo cozido”, que o ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho (PV-MA), “não seria nem faxineiro” em seu eventual governo e chamou de “vagabundos” os organizadores de uma exposição no MAM com um homem nu.

“O Brasil precisa que a inocência das crianças seja respeitada. Esses vagabundos que fazem exposição com crianças passando a mão em homem nu devem ir presos. Eles pregam pedofolia”, afirmou.

O MST também foi alvo dos ataques do deputado. “Se depender de mim, vocês terão arma de fogo em casa. O homem do campo vai ter fuzil em sua propriedade para enfrentar o MST”.