Autor: em 23/02/2018
Tags:
Categorias: Brasil Pedro Politz

Confiança da Informação: Altíssima (mídia mainstream).
Clique no link “Ir Para Fonte Original…” para ser direcionado para a matéria.

GARANTIA POLITZ: INFORMAÇÃO CAPTADA E DEVIDAMENTE VERIFICADA PELO ALGORITMO EXCLUSIVO DO POLITZ.


Todos nós conhecemos como anda o jornalismo no Brasil: infestado e infiltrado por vermelhos com sérias tendências comunistas, podemos verificar as implementações de narrativas falsas (para desinformar a população) por onde passamos.

No dia da condenação do criminoso e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Globo News como de costume chamou diversos “especialistas” para discutir a “validade” da Lei da Ficha Limpa, lei que foi aprovada e sancionada pelo próprio Lula e foi vendida, comemorada e divulgada como o “maior ato contra a corrupção na história deste país, companheiros”.

Enfim.

Tivemos a notícia em primeira mão que um juiz da Justiça Federal do Distrito Federal determinou que Lula entregasse o passaporte para as autoridades da Polícia Federal. Assim foi feito.

E em torno de 20 minutos atrás, o jornalista Boechat do Grupo Bandeirantes classificou a decisão como uma estapafúrdia. Até quando vamos permitir o enfrentamento ao Poder Judiciário por esses militantes vermelhos que torcem para que os bandidos se deem bem?

O operador do Twitter do POLITZ não perdoou e logo tratou de responder em alto e bom tom:

Estamos cansados dessas narrativas impostas, bastante cansados. E não é só o POLITZ.

Notando e comparando a interação dos dois tweets, temos o resultado: Um perfil, da mídia independente com pouco mais de 13 mil seguidores, com uma interação de 23 RTs, 9 respostas e 77 curtidas contra uma mídia globalista e mainstream com mais de 1 milhão de seguidores, tendo apenas 22 respostas (em sua maioria pesadas críticas), 5 RTs e apenas 10 curtidas.

Ficou feio Boechat, muito feio. O povo está cansado de sua parcialidade e do falso jornalismo recheado de narrativas que prestam à desinformação da população.

E como bem disse um seguidor nosso, para bom entendedor meia palavra basta. Ele nos avisou da seguinte notícia:

Pedro POLITZ, o Editor fica por aqui.