Saudações Visitante!  / Criar uma Conta!
Guest Join UsSaudações Visitante!
Bem vindo! Junte-se ao #FórumPolitz! Nossa comunidade é para discutir política, democracia, cidadania, ideologias, leis, direitos, religião e muito mais!
É o primeiro e único Fórum temático do Brasil!
Ambiente totalmente livre!
Exerça plenamente sua liberdade de expressão!
Não existe censura aqui!
Exclusivo sistema de curtidas e de reputações!
Livre-se das redes sociais tradicionais, o nosso foco é o conteúdo!
É tudo de graça!
Está eperando o que? Aproveite! ou Criar uma Conta!


Seja muito bem vindo Visitante! Aproveite para se registrar e participe de todas as discussões do Fórum! É DE GRAÇA!
Se você já é registrado, por favor, faça o login e aproveite o nosso Fórum!

O POLITZ TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS! SIGA-NOS:
| Twitter: @SejaPolitz | Instagram: @SejaPolitz |

O #FórumPolitz foi atualizado para a última versão. Caso encontrem bugs, por favor, avisem na seção de Feedback ou use a ferramenta: CONTATE-NOS
Avaliação do Tópico:
  • 0 Voto(s) - 0 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
[REVIEW] - Teclado CORSAIR K70 RAPIDFIRE RGB [+Mecânico Delícia]
#1
resim
CORSAIR K70 RAPIDFIRE RGB
Review - Análise - Teclado Mecânico - High End - Colorido que nem um carnaval na Bahia

Produto: Teclado
Marca: Corsair
Modelo: K70 RAPIDFIRE RGB
Lançamento: 2016
Categoria: High End
Tipo: Mecânico
Switches: CHERRY MX SPEED
Taxa pooling: Selecionável. 8ms, 4ms, 2ms, 1ms e modo BIOS.
Site Oficial

MostrarSpecs Oficiais:


Já adianto... É uma delícia digitar por esse teclado chegando a ser tão gostoso que me inspirou a fazer esse pequeno review para vocês. Antes de tudo, gravei um pequeno unboxing do produto e assim que terminar a edição colocarei online também. Sei que muitos prezam pela leitura antes de gastar em um produto para nossos master race que podem chegar facilmente aos mil e poucos reais.

resim

Depois de ter tido uma experiência muito boa com o teclado da Cougar 200K que possuía a switch scissor/chiclete em teclas (lembrava muito os teclados de notebook), infelizmente ele acabou sendo molhado e tive que aposentar. Se eu conseguir arrumar, provavelmente colocarei a venda. Era muito gostoso digitar e posso dizer que tenho que me acostumar novamente agora com esse mecânico e de impressão inicial, é muito, mas muito bom mesmo digitar com ele. Depois de ter criado o tópico recebi a recomendação dos colegas de procurar um teclado mecânico e foi o que eu fiz. E não me arrependo nenhum pouco. Um dos pontos que eu prezei era pela qualidade na montagem e nas peças usadas.

O Orbweaver da Razer que eu tenho por exemplo é muito bom, mas é nitidamente diferente as switches usadas pela Razer e as MX Cherry usadas pela Corsair. Não dá para comparar, é um estupro.

Lembrando que sou fã da marca Razer, tenho um DarthAdder 2016 deles e já está na batida por quase 2 anos e sem sinal de clique-duplo. Aposentei o meu antigo DarthAdder Black Edition com 2 anos e meio por ter sofrido com esse problema. Além disso, ainda uso um Megalodon 7.1 e também não tenho [muito] a reclamar dele. Sim, Razer é overpriced e poderia ter um valor mais baixo. Provavelmente trocarei aos poucos meus periféricos depois dessa experiência extremamente positiva, indo para a Corsair.

Classifiquei o produto como um modelo na categoria dos high-ends. Basicamente o K90 e K95 seu irmãos "maiores" possuem um monte de teclas extras para gravação de macros on-the-flys e só, sem ter necessidade de usar o software completamente para isso. A diferença do K95 para o K75 eram de quase 50 dólares ou mais, e pra mim, neste caso, não valia a pena. Por ter um Razer Orbweaver, sei muito bem como são essas teclas de macro e no fim das contas, quase [ou nunca] não uso. Acho que tira um pouco da habilidade dos dedos e deixa o cérebro folgado. Se fosse usar macro por exemplo no Dota, criaria algumas coisas para o Invoker (como todos sabem que acontece), tirando todo o espirito gamer da equação e para mais absolutamente nada.

O produto vem em uma caixa de papelão embalado com um plástico simples também, com montagem para acomodar o teclado lá dentro. Seus cabos, acessórios e encartes ficam logo à baixo do teclado. Sem surpresas. É uma caixa espartana e a Corsair como de costume germânico não perde muito tempo com marketing agressivo como a concorrente Razer faz. Nada de adesivos, nada de encartes coloridos. O negócio é alemão, pá, pum, toma lá, dá cá: Toma meu produto, é esse, com ótima qualidade. Gostou? Não? Então vá para outra empresa mais i love Bahia.

A construção é sólida e interiça, hard as a rock, feita em alumínio usado em aviação. As teclas são as mais altas que eu já vi, e o barulinho do funcionamento das switches da prazer em escutar. Segundo a Corsair, a durabilidade das switches é virtualmente infinita, podendo ultrapassar 5 milhões de apertos. Na parte de trás, temos a saída de um grosso cabo USB, enrolando em uma fibra especial que evita embolamento de fios, na sua ponta, saem duas saídas USB: Uma 3.0 e uma 2.0. Também tem uma entrada USB na parte de trás para ligação hot-swap de outros periféricos, para compensar o uso de duas USB na CPU. Há também um seletor para trocar a taxa de pooling e um modo bios para que possa ser usado nela. Também acompanha uma barra de rolagem para controle do volume, teclas para multimídia e um botão para travar a tecla Windows e otura para controle de brilho da iluminação.

resim

É a minha primeira experiência que eu tenho com um teclado verdadeiramente mecânico e como disse, não me arrependo e foi amor a primeira vista. Inicialmente tive dificuldades para acertar a ligação dos cabos USB. O manual de quick-start não é dos mais explicativos e eu tive meio que tentar na sorte colocando (e posteriormente invertendo) o cabo USB atrás da minha CPU para fazer funcionar. Faz necessário também o uso do software nativo da CORSAIR (algo como o Synapse da Razer).
resim

resim

O software da Corsair para controlar periféricos é também espartano, mas não significa necessariamente que seja algo simples. Pelo contrário, oferece uma profundidade enorme para o controle de seus dispositivos da Corsair e é um pouco mais leve que o Sinapse no consumo de RAM (64MB para Razer e 59MB para o da Corsair). Demorei um pouco para ajeitar as configurações de cores, acertar os perfis corretos, enfim... Basicamente tem que criar um conjunto de cores para cada grupo de teclas que você deseja alterar. Não pude testar a interação com outros dispositivos mas já pretendo passar para frente o DeathAdder 2016 que eu tenho e colocar um Corsair M65 no lugar. Se a Corsair também lançasse um keypad gamer, provavelmente também compraria tamanho a confiança que adquiri pela marca só com esse teclado.

A digitação é macia, confortável, chega a ser gostoso escutar o barulho da digitação. Alguns podem achar sensível de mais e as teclas um pouco altas. Minha mão é média-grande e o apoio do pulso pode ser até meio inútil, mas com o tempo estou acostumando com a digitação e no fim, não chega a ser um problema. É questão de costume e aprender a usar. Sugiro para testar um pouco cada teclado que você achar se pretender comprar um. O tempo de resposta é virtualmente instantâneo, você aperta e antes de chegar ao fundo já está aparecendo na tela, chegando até repetir algumas teclas as vezes. Caso isso seja um problema constante é possível você diminuir a sensibilidade alterando a taxa de pooling.

resim 

As teclas são construídas aparentemente em um plástico de alta tecnologia, são firmes, resistentes e não dá impressão de plástico pobre. As letras não são gravadas, e são feitas de forma que parecem ser transparentes, para que a luz dos LEDs atravessem a tecla e ilumine o caractere. A Corsair também fornece uma ferramenta para remover as teclas originais para substituição por teclas revestidas com uma textura diferenciada, especialmente para quem joga MOBAS e FPS's. Para ser sincero, nem cheguei a abrir o pacotinho (lacrado à vácuo) para colocar essas teclas, para mim não vai fazer a mínima diferença. Quem sabe eu testo isso depois.

resim

resim

Depois de brincar um pouco fiz esse samba para acompanhar o carnaval.

O teclado CORSAIR K70 RAPIDFIRE RGB é uma compra certa, segura e sem erros, principalmente para quem procura um teclado top de linha, high-end e que não vai decepcionar pela durabilidade. A Corsair garante uma durabilidade quase infinita e que pode suportar mais de 5 milhões de apertos. A construção é feita em alumínio superior, acabamento de ótima qualidade e com o cabo enrolado em uma fibra especial para evitar nós.

resim

resim

A iluminação funciona com o espectro full RGB e você pode personalizar todos os aspectos através do software nativo da Corsair, desde macros até efeitos luminosos e atualizações de firmware. O software pode parecer simples mas entrega uma profundidade que até o gamer mais exigente pode precisar. Dá para fazer absolutamente tudo que vocês quiserem com ele.
A switch MX CHERRY usada no produto já é uma velha conhecida dos gamers de plantão e entrega confiança e qualidade, porém, alguns podem achar o teclado sensível de mais pelo uso das SPEEDY, mas nisso é questão de gosto e de costume.
Tirando o fator preço, o teclado é um investimento certo para quem procura um produto de alta tecnologia, high-end, com precisão alemã da Corsair e ainda oferece um carnaval de cores para quem é amante de leds coloridos e tudo mais.

Prós:
- Construção de altíssima qualidade;
- Ótimo acabamento;
- Teclado Mecânico Delícia do Verão;
- Software bastante funcional;
- Teclas macias, precisas e de qualidade;
- Pode ser bom ou ruim, mas tem led em cada tecla para o espectro full RGB;
- Suporte para punhos;
- Pode trocar o revestimento das teclas, com direito a compra de peças de reposição;

Contras:
- Pode ser um pouco caro para alguns;
- A sensibilidade das teclas e a altura delas pode incomodar alguns que não estão acostumados;

NOTA DO PALHANO: 5/5

VÍDEO DO UNBOXING E DAS PRIMEIRAS IMPRESSÕES


Alea Jacta Est!





Atenção: Apesar de fazer parte da Equipe Politz, nossas postagens, opiniões, críticas, comentários ou tópicos não refletem necessariamente a opinião do próprio Politz. Nós da Equipe Politz somos livres para exercer livremente a nossa própria liberdade de expressão, como assim deve ser sempre.
Responder
#2
Gosto bastante de jogos, mas sou voltado mais para os vídeo-games.
Mas eu sou um militante político e não aceito a mais-valia.
Provavelmente por esse vídeo posso ver que você deve ser um branco, cristão, conservador, binário e pertencente das altas classes sociais brasileiras, literalmente, da elite. Não vi nenhum negro no vídeo, muito menos uma mulher. Quantos teclados desses você já deu para um negro para combater a desigualdade social brasileira?
Que absurdo. Como que se permite alguém gastar tanto dinheiro em um produto tão superficial como esse???
Responder


Possíveis Tópicos Relacionados...
Tópico Autor Respostas Visualizações Última Postagem
  [TÓPICO OFICIAL] [+REVIEW +GAMES] - Bomber Crew Palhano 0 17 20-10-2017, 11:37 PM
Última Postagem: Palhano

Pular para Fórum:



Sobre o Politz

O Politz é a primeira startup do país que visa a construção de um futuro melhor para o Brasil. Queremos acompanhar todas as ações políticas, debater ideias, projetos, leis, nossos direitos e interesses além de incentivar o civismo. Através do Fórum, queremos nos aproximar do pleno exercício da democracia. Seja um cidadão, seja POLITZ!

Para contatar a Equipe Politz, use o formulário de Contato.

              Links do Usuário