Autor: em 04/05/2017
Tags:
Categorias: THE POLITZ REPORT

THE POLITZ REPORT


05/04/17

Aqui é o Pedro Politz, para o THE POLITZ REPORT.

O Politz reportou através do Twitter a seguinte notícia:

A fonte da notícia foi obtida através do perfil @ConexaoPolítica no Twitter.

O perfil @ConexaoCristao é um dos maiores perfis religiosos que existem na rede social.

Eles possuem milhares de seguidores e já lançaram diversas #hashtags que alcançaram até o TOP TRENDS do Twitter.

Também fomos informados que já pediram diversas vezes para que o perfil fosse verificado pelo Twitter, mas nunca conseguiram a aprovação, como acontece de costume com perfis que apresentam uma ideologia mais conservadora do que a esquerda. A ideologia progressista/de esquerda é amplamente divulgada, facilitada e defendida pelo Twitter.

Aparentemente, não houve nenhuma justificativa por parte do Twitter para ter suspendido a conta. O perfil foi censurado descaradamente e sem motivo aparente, o que irritou milhares de usuários(as) e seguidores(as).

O Politz se pergunta qual será o problema que o Twitter viu em um perfil que basicamente posta mensagens bíblicas e o que será que é tão sério nisso para eles chegarem ao ponto de suspenderem uma conta como essa.

Ao analisar os TERMOS DE USO da rede social é possível verificar que os motivos para suspensões e banimentos de contas são extremamente vagos e subjetivos. Indicando uma tremenda falta de transparência por parte da administração da rede social. Esse ponto é altamente criticado por diversos formadores de opinião5.

O Politz, através do THE POLITZ REPORT já informou1 que o Twitter vem desenvolvendo novas ferramentas para censurar perfis que discordem da ideologia deles. Recentemente, o Twitter baniu/suspendeu23 milhares de contas com viés conservador.

O Twitter enfrenta diversos problemas, inclusive com a queda das receitas e poucos usuários ativos relativamente. A crítica quanto a censura também já é mainstream. Além de tudo isso, Jack Dorse vem sofrendo pressão para renunciar ao cargo de CEO, após descobrirem que 48 milhões de usuários da rede social são bots automatizados, representando 15% dos 319 milhões de usuários4.

O Politz aproveita para repudiar fortemente todas as práticas de censura do Twitter e por defender, praticar e favorecer de forma tão imparcial e agressiva as ideologias de esquerda. O Politz acredita na total transparência das ações de qualquer empresa e defende totalmente a liberdade de expressão.


MÍDIAS QUE TAMBÉM DERAM A NOTÍCIA

Nenhuma.


FONTES E NOTAS DA EDIÇÃO

1: THE POLITZ REPORT

2: FORTUNE

3: ZERO HEDGE

4: INVESTOPEDIA

5: AL JAZEERA



GRUPO POLITZ, THE POLITZ REPORT, #FÓRUMPOLITZ – 2014 à 2017 – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ©