Marco Aurélio afirma que “não pode conviver com manipulação da pauta” e por isso decidiu agir quanto a prisão em 2ª instância

É o que diz a FPI.

Segundo a reportagem, Marco Aurélio Mello afirmou que a liminar que concedeu a soltura de todos os presos após condenação em segunda instância “não é uma reação” e “sim uma ação”.

“Depois de quarenta anos de toga não posso conviver com manipulação da pauta”

Ele afirmou também que antigamente quando um ministro liberava uma ação para julgamento do mérito, ela era imediatamente incluída no plenário. Para ele, o julgamento das ações que tratam da constitucionalidade da prisão após condenação em segunda instância estão desde abril liberadas por ele, sem que sejam pautadas pelos presidentes (Cármen Lúcia e agora Dias Toffoli).

Pelo que entendi, o excelentíssimo senhor Ministro do STF está culpando a Cármen Lúcia e Dias Toffoli pelo fato da questão não ter sido julgada ainda? Esclareçam para nós nos comentários, por favor.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Fonte Primária da Informação:

BR18


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimos em Nacional

Ir Para Topo