Min. Celso de Mello arquiva processo de Bolsonaro contra Jean Wyllys por injúria e calúnia

Jair Bolsonaro tinha sido chamado de “fascista” e “racista”.

O presidente eleito tinha aberto uma queixa-crime contra Wyllys por ter supostamente ofendido ele em uma entrevista concedida para o jornal “O Povo”.

Jean Wyllys, deputado e militante esquerdista, usou vários termos como “fascista”, “racista”, “burro”, “ignorante” e “canalha”, ao mencionar Jair Bolsonaro em agosto de 2017 na entrevista.

O Ministro do STF declarou extinta a punibilidade do agente.

O POLITZ fica pensando se fosse ao contrário.

 


Fonte Primária da Informação:

O Globo


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimos em Nacional

Ir Para Topo