Polícia Federal cumpre dois mandados de busca e apreensão contra advogado de Adelio Bispo

O objetivo da operação é tentar identificar quem estaria por trás da defesa de Adelio Bispo, o próprio terrorista que tentou matar Jair Bolsonaro.

Mais cedo, o site O Antagonista também reportou que o delegado que investiga o caso que a “PF trabalha com a hipótese do advogado poderia estar sendo financiado por uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas ou por um grupo político”.

A PF cumpriu dois mandatos de busca e apreensão em Minas Gerais, contra o advogado Zanone Manuel de Oliveira Júnior, responsável pela defesa de Adelio Bispo, o terrorista que tentou matar Jair Bolsonaro.

O objetivo da PF, segundo a reportagem, é tentar identificar quem estaria por trás da defesa do atentado ocorrido em Juiz de Fora, que financiou o trabalho do advogado.

O juiz Savino, que recebeu a denúncia do caso, considerou que o agressor cometeu “grave e inegável lesão ao regime democrático” ao “tentar impedir” que os eleitores identificados com Bolsonaro fizessem valer seus votos:

“Não há dúvidas de que o atentado pessoal do qual o candidato Jair Bolsonaro  foi vítima efetivamente provocou irreparável desequilíbrio no processo eleitoral democrático brasileiro, não somente por afastar das campanhas de rua e debates eleitorais o candidato líder em pesquisas de intenção de voto, mas também por estremecer a garantia do princípio democrático da liberdade de consciência e escolha”

Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Fonte Primária da Informação:

Último Segundo


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimos em Nacional

Ir Para Topo