Supostos médicos cubanos eram treinados para doutrinar brasileiros e até pegar em armas caso ditadura cubana ordenasse

Uma suposta médica até afirmou que fez campanha para o PT a mando da ditadura comunista cubana.

O Antagonista e a revista Crusoé publicaram nos últimos dias algumas reportagens que tratam desses graves assuntos do Mais Médicos.

A primeira reportagem afirma que uma médica (suposta, pois não acreditamos em nada do que ditaduras comunistas falam) tinha que fazer campanha para o PT, sob ordens da ditadura cubana enquanto fazia parte dos Mais Médicos. Chegou a um ponto onde ela pediu para parar de cumprir essa “missão”, como relata a FPI.

Além disso, a revista Crusoé relata um fato grave: os supostos médicos cubanos eram treinados para doutrinar os pacientes e até apoiar o partido, inclusive, pegar em armas caso Havana ordenasse.

Ora, acho que já deu para entender muito bem as intenções desses comunistas nacionais e internacionais aqui no Brasil.

O comunismo é uma ideologia que é incompatível com a democracia.


Fonte Primária da Informação:

O Antagonista

Crusoé I

Crusoé II


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimos em Nacional

Ir Para Topo