Postado em: 16/02/2019 por na Categoria Nacional

Em Comunicado Interno, GM ameaça deixar o Brasil se não voltar a lucrar

Um comunicado interno enviado aos funcionários da empresa por e-mail foi entendido pelos funcionários como uma ameaça de deixar o país.

O presidente da General Motors (GM) Mercosul, Carlos Zarlenga, informou na última sexta-feira (18) que “investimentos e o futuro” do grupo na região dependem da volta da lucratividade das operações ainda neste ano.

No comunicado interno, Zarlenga reproduziu a matéria publicada na semana passada pelo jornal “Detroid News” afirmando que ao divulgar o balanço financeiro de 2019 aos acionistas, a presidente mundial da companhia, Mary Barra, deu indiretas que considera sim a possibilidade da empresa sair da América do Sul, onde mantém suas fábricas no Brasil e na Argentina.

A executiva disse: “Não vamos continuar investindo para perder dinheiro”.

Zarlenga informou que a GM teve prejuízos significativos em 2016 a 2018 e que “2019 será um ano decisivo”.

É o famoso mercado. Será que se eles melhorarem os produtos que vendem com preços mais competitivos as coisas não melhoram?


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Fonte Primária da Informação:

UOL


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!