Um ex-editor do New York Times causou um rebuliço após afirmar que a mídia americana é “anti-Trump”.

O ex-editor executivo do New York Times afirmou que a mídia americana se tornou “inequivocamente anti-Trump”. Jill Abramson, o jornalista veterano que liderou o New York Times de 2011 até 2014 afirmou que o jornal recebe dinheiro para atacar Donald Trump e isso está contribuindo para afetar gravemente a sua credibilidade.

Em seu livro que está para ser publicado, “Os Mercadores da Verdade”, ele lança uma visão cética sobre o negócio de notícias. Ao mesmo tempo que defende o jornal, também não faltam críticas para o seu sucessor, Dean Baquet e que se tornou um “partido de oposição”.

Ele ainda cita o “lendário” editor, Adolph Ochs: “Quanto mais anti-Trump o Times se torna, mais se desconfia por ser tendencioso.”


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Fonte Primária da Informação:

Real Clear Politics


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!