Primeiro-ministro da Hungria: “Não queremos misturar o Islã com nossa cultura. Não é bom”

Primeiro-ministro da Hungria: “Não queremos misturar o Islã com nossa cultura. Não é bom”

O Primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, criticou novamente a mistura das duas culturas.

“Existem países que pensam que misturar as duas culturas, o cristianismo e o islamismo criará uma coisa nova e boa. Nós vemos de forma diferente” – declarou o Primeiro-ministro.

“Se outros querem misturar as duas culturas, eles tem o direito de tentar. Mas nós não queremos começar nenhum teste em nosso país. Nós não queremos misturar nossa cultura baseada em valores cristãos” – disse Viktor Orban.

Com os olhos nas próximas eleições europeias em Maio, Orban espera que os eleitores “mantenham e protejam as identidades nacionais e os costumes cristãos” – que estão ameaçados pelo aumento na atividade migratória.

Orban já tinha declarado o seguinte sobre o Islamismo:

Nós somos cautelosos com a ideia que o islã faz parte de qualquer país europeu. É bom saber as respostas sobre o islã. Nós, os húngaros, sabemos. Por exemplo, se falarmos que o islã faz parte da Alemanha, estaremos afirmando que a Alemanha faz parte do islã”.

O partido do Primeiro-ministro está subindo nas pesquisas desde a sua última eleição e agora é apoiado por pelo menos 54% dos eleitores.

 


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Fonte Primária da Informação:

Voice Of Europe


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimos em Internacional

Ir Para Topo