Postado em: 17/02/2019 por na Categoria Internacional

Como vai a islamização do berço cultural da humanidade?

Muito bem, obrigado.

Uma interessante reportagem caiu em nosso #AlgoritmoPOLITZ e sentimos que devemos também republicar.

Segundo a notícia, Marcus Franz, um médico e ex-membro do Partido Conservador da Áustria gerou uma revolta nas redes sociais após afirmar que mulheres europeias em Viena estão usando lenços nas cabeças para se protegerem dos ataques cometidos por imigrantes islâmicos.

Em uma entrevista para um canal de TV, Franz declarou:

“Fale com mulheres nas ruas, com crianças, com jovens. Eu mesmo conheço pais que dão lenços para suas filhas usarem para evitar ataques em áreas problemáticas, para não serem reconhecidas como austríacas. Conheço isso pessoalmente, no 15º Distrito de Viena, isso é um fato”.

Como sempre, falar a verdade é um ato de terrorismo na visão dos globalistas que desejam islamizar a Europa.

O médico afirma que as mulheres da Áustria estão morrendo de medo e querem evitar as “permanentes microagressões” que elas sofrem nas ruas e obviamente, evitar ataques sexuais por homens muçulmanos ao andarem nas ruas.

Algo perfeitamente comum em áreas da Europa onde vivem muitos imigrantes islâmicos.

Franz afirmou também que mulheres que não usam esses lenços estão sendo “propositalmente atacadas com agressões e atitudes desagradáveis, e elas estão simplesmente com medo”.

A história compartilha muita similaridade com o que vem ocorrendo na Alemanha.

Um caso que chamou atenção ocorreu em uma escola de Frankfurt (Alemanha), onde uma mãe reclamou ao diretor do colégio por sua filha estar sendo atacada.

O diretor afirmou que isso ocorreu “porque ela não usava um lenço na cabeça”.

A situação é tão triste na Europa que uma propaganda publicitária bancada pelas Nações Unidas afirmava que as mulheres deveriam usarem os hijabs isâmicos para mostrar “tolerância”.

O governo da Alemanha usou dinheiro público para bancar uma nova propaganda no ano passado:

Aos desavisados, é óbvio que a imagem que ilustra o tweet/post é apenas uma representação ilustrativa da situação.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!