O General Hamilton Mourão deu uma entrevista lacrante para o jornal O Globo, vejam o trecho, divulgado pela FPI:

“O governo tem que tratar de forma objetiva. É uma questão de saúde pública. Doenças sexualmente transmissíveis são uma questão de saúde pública. A questão do aborto também é algo que tem que ser bem discutido, porque você tem aquele aborto onde a pessoa foi estuprada, ou a pessoa não tem condições de manter aquele filho. Então talvez aí a mulher teria que ter a liberdade de chegar e dizer ‘preciso fazer um aborto’. Minha opinião como cidadão, não como membro do governo, é de que se trata de uma decisão da pessoa.”

Hoje pela manhã, o Procurador da República Ailton Benedito, postou uma fotografia da chamada do jornal:

Alguém segure esse vice. Já já estará dando entrevistas semanais para o Programa da Fátima.


Fonte(s) Secundária(s) da(s) Informação(ões):

O Antagonista


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!