Após notas negativas do filme Capitã Marvel, esquerdista americana pede regulamentação estatal contra “relações na internet”

Essa é para acabar com a vontade de viver.

A esquerdista americana, filiada ao Partido Democrata e desenvolvedora de jogos, Brianna Wu está pedindo a regulamentação das relações de internet, após uma chuva de notas negativas em sites especializados do filme Capitã Marvel.

Obviamente que a militante usou do machismo para justificar as notas negativas que o filme recebeu

“É uma história familiar, certo? Nós estávamos aqui com o Ghostbuster. Parece-me que cada vez que uma mulher consegue algum espaço em um ambiente dominado por homens, nós voltamos a esse ponto”.

A esquerdista disse que o filme Capitã Marvel está sendo vítima de “trolls” machistas na internet porque é sobre uma personagem feminina.

Ela ainda acredita que o estado precisa regular (criando leis) as relações na internet para combater trolls.

Esse povo é doente.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!