Marco Aurélio é contra abertura de inquérito por Dias Toffoli: “O STF é um órgão julgador e não um órgão acusador”

O Ministro do STF Marco Aurélio se destacou hoje pela sua opinião contra o inquérito (ou caça às bruxas?) aberto pelo Presidente da Corte, Dias Toffoli.

Vejam a declaração do Ministro:

“Sob a minha ótica, o Supremo precisa estar acima de discussões rasteiras. O Supremo é um órgão julgador e não um órgão acusador. Se houver necessidade de alguma ação ser tomada diante desses acontecimentos, quem deve fazê-lo é a procuradora-geral da República, Raquel Dodge”.

Temos que concordar plenamente com o Marco Aurélio.

O Senador Alessandro Vieira, autor do requerimento para a criação da CPI da Lava Toga disse inquérito de Toffoli “soa como ameaça”, para o site O Antagonista:

“Chama a atenção uma investigação sem fatos definidos e sem investigados indicados. Existem movimentações hoje que tiram da zona de conforto quem se achava acima da lei. Isso tem causado reações no subterrâneo da política e, agora, essas reações ostensivas, abertas, por parte do presidente do Supremo Tribunal Federal”.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Fonte(s) Secundária(s) da(s) Informação(ões):

O Antagonista


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!