Globo suspende Leilane Neubarth e Mônica Waldvogel por 5 dias após criticarem publicamente Jair Bolsonaro

Publicado em 09/04/19.

A Rede Globo de Televisão suspendeu por cinco dias as apresentadoras da GloboNews Leilane Neubarth e Mônica Waldvogel depois de criticar publicamente o Presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais.

Tudo aconteceu há mais ou menos um mês atrás, quando o Presidente divulgou o vídeo da cena criminosa dos “artistas” realizando atos obscenos publicamente.

Segundo a FPI, os tweets que deram causa à suspensão foram esses:

A reportagem informa que essas atitudes contrariam os princípios editoriais da Rede Globo, que já proibiu desde o ano passado a manifestação pública sobre política de seus funcionários em redes sociais para não comprometer o princípio da neutralidade.

A FPI noticiou que a Globo negou as suspensões, mas o “sumiço” das jornalistas gerou comentários nas redações da rede.

Ora, não é preciso ser muito gênio para perceber certinho qual é o lado que a Globo defende. Ou vocês ainda tem alguma dúvida disso?


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!