Novo Ministro do MEC afirma que universidades federais são “templos do bolivarianismo”

Ricardo Vélez (à esquerda) e seu substituto no Ministério da Educação, Abraham Weintraub. Créditos da FPI. Imagem meramente (e obviamente) ilustrativa.

Publicado em 08/04/19.

Já estamos gostando muito desse novo Ministro, o Abraham Weintraub.

O site esquerdista Buzzfeed publicou a informação de que o novo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, já chamou as universidades federais de “templos bolivarianistas”.

Ora, é pouco. O POLITZ acha que além disso são templos gramscistas. E isso tem que acabar.

Weintraub teria reclamado no ano passado por ter sido ameaçado na UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo), onde é professor. Ele declarou:

“Temos sido ameaçados de agressão física pelos bolivarianos, pois estamos numa universidade federal. E lá em o templo deles”

Em uma outra oportunidade, onde participava de um evento de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o novo Ministro defende uma “guerra cultural contra a esquerda”.

A reportagem da FPI afirma que ele “se tornou um militante contra o comunismo”.

Precisamos de mais militantes como ele, urgentemente.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!