Presidente Bolsonaro afirma que pode “descentralizar investimento” em cursos de filosofia e sociologia. Ministro da Educação afirma que ENEM não terá mais ideologia: “Foquem na técnica”

Publicado em 26/04/19.

Senhoras e senhores que acompanham POLITZ, hoje é um “Grande Dia” para a Educação Pública no Brasil.

O governo de Jair Bolsonaro promoveu hoje um grande “golpe” contra a doutrinação socialista nas faculdades.

Vamos ao que interessa, com aquele resumo que só os leitores do POLITZ conhecem.

Chega de Filosofia e Sociologia:

Hoje o Twitter do Presidente Bolsonaro está bombando.

Ele fez dois anúncios importantes por meio do seu Perfil oficial na rede:

Arquivo do Tweet I

Arquivo do Tweet II

Segundo as informações do próprio Presidente da República, o novo Ministro da Educação já chegou no MEC arrebentando contra a doutrinação, coisa que o Ministro anterior não estava conseguindo emplacar.

Bolsonaro já mostrou para o que veio: Ele quer descentralizar o investimento em faculdades de filosofia e sociologia, os famosos cursos de humanas que na verdade são fábricas de doutrinação marxista.

O Presidente quer foco em áreas que gerem retorno imediato para a população, como veterinária, medicina e engenharia.

O POLITZ tem várias outras sugestões de cursos e currículos que devem também receber atenção urgente por parte do governo.

Todos nós sabemos que a nossa educação na verdade é uma grande fábrica de doutrinação e de lavagem cerebral.

Sem Mais Doutrinação no ENEM

No mesmo sentido, o Ministro de Educação diz que o ENEM não terá mais ideologia.

Nessa última quinta-feira (25), Abraham Weintraub afirmou que “questões ideológicas ou muito polêmicas” não serão mais abordadas no Exame Nacional do Ensino Médio deste ano.

Ele deu a seguinte sugestão:

“Minha sugestão: foquem mais na técnica de escrever, em interpretação de texto, foquem muito em matemática e ciências, e, realmente, no aspecto que a gente quer desenvolver, o conhecimento científico, a capacidade de desenvolver novas habilidades”

E completou:

“Estudem, mas estudem pra valer. Estudem coisas sem direcionamento ideológico como havia no passado. O Brasil vai mudar e já mudou. E vai mudar cada dia mais, com calma, sem rupturas, sem nada que atrapalhe a vida dos outros”

Finalmente temos alguém que está disposto a enfrentar essa lavagem cerebral marxista.

Sem Mais Recursos Para Escolas do MST

O Ministro da Educação afirmou no último dia 25 que se depender dele, não haverá mais recursos para as escolhas do sem terra.

Todos nós sabemos que essas escolas operados pelo Movimento dos Sem Terra na verdade doutrinam crianças.

Vejam a declaração dele:

“A gente está chegando ao governo e vendo que muitos recursos públicos estavam indo para áreas que têm forte viés ideológico. Muitas escolas ‘sem terrinha’ são sustentadas com dinheiro do povo, do contribuinte, do pagador de imposto. Você aí está pagando mais caro o leite do seu filho, uma parte desse imposto, ICMS, acaba indo para a escolinha dos ‘sem terrinha’. Isso tem que acabar”

Outra(s) Fonte(s) da(s) Informação(ões):

Poder360

UOL I

UOL II

E as já elencadas na reportagem.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!