Publicado em 12/04/19.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) teria divulgado a seguinte nota, em resposta à notícia exclusiva da Revista CrusoÉ:

“Ao contrário do que afirma o site O Antagonista, a Procuradoria-Geral da República (PGR) não recebeu nem da Força-Tarefa Lava Jato no Paraná e nem do delegado que preside o inquérito 1365/2015 qualquer informação que teria sido entregue pelo colaborador Marcelo Odebrecht em que ele afirma que a descrição ‘amigo do amigo de meu pai’ refere-se ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.”

Conforme a informação divulgada no link disponibilizado pela FPI, o site O Antagonista continua mantendo a informação mesmo após a divulgação da nota da PGR.

O POLITZ se manifestou sobre o caso:

O silêncio da mídia tradicional está ensurdecedor.


Outra(s) Fonte(s) da(s) Informação(ões):

Reportagem Exclusiva da Revista CrusoÉ


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!