Rede Globo sofre prejuízo de meio bilhão de reais e corta o salário das principais estrelas

Publicado em 29/04/19.

O POLITZ vem relatando uma tendência que vem acontecendo nas emissoras notadamente voltadas para ideologias de esquerda. Vejam aqui:

Audiência da CNN continua despencando e atinge o menor nível no ano

Rede da extrema-esquerda CNN perde quase 30% da sua audiência no horário nobre

Pois bem. Aparentemente a tendência chegou no Brasil. O povo cansou de progressismo forçado nas goelas do povo brasileiro.

A reportagem da FPI informa que a rede teve uma queda no faturamento de 15% nos últimos 5 anos e um prejuízo de pelo menos meio bilhão de reais em 2018.

Dito isso, a Globo começou a adotar uma política salarial mais dura com suas principais estrelas.

Apresentadores, locutores e atores da primeira linha da Globo estão sendo chamados para renovar contratos por salários menores.

Otaviano Costa por exemplo, não aceitou e deixou a emissora.

A Globo afirma que a realidade do mercado mudou com a queda das receitas publicitárias e a concorrência com os streamings.

O POLITZ acha mesmo é que a realidade da sociedade brasileira mudou e as grandes mídias tradicionais continuam insistindo em ideologias baratas e furadas.

A notícia afirma que Galvão Bueno e Fernanda Montenegro, bem como Fausto Silva e Ana Maria Braga foram afetados, sendo poucos que recebem mais de R$ 100.000,00 (cem mil) mensais.

Galvão está com o contrato renovado até o fim de 2022, ganhando algo em torno de R$ 500 mil por mês. Ele já ganhou na rede mais de um milhão por mês.

É só cortar a mamata estatal que o mercado responde duramente.

Tchau tchau, Globo.


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!