Apex renovará contrato com o Sindicato da Indústria do Audiovisual e bancará a participação de produtores no Festival de Cannes com o custo de R$ 7,5 milhões

Imagem ilustrativa do Dep. Alexandre Frota com o Gal. Santo Cruz.

Publicado em 09/05/19.

A mídia Crítica Nacional saiu com mais uma informação importante sobre esse imbróglio esquisito da Apex e sentimos o dever de também publicar a informação veiculada. O link para a matéria original, objeto da nossa reportagem, está disponível logo abaixo da manchete no campo Fonte Primária da Informação (FPI).

Segundo as informações deles, a Apex está para renovar o contrato de convênio com o Sindicato da Indústria do Audiovisual do Estado de São Paulo.

O convênio deve implicar em gastos de recursos públicos (o dinheiro dos pagadores de impostos, eu, você e todos nós) para sustentar a participação de produtores do cinema nacional no Festival Internacional de Cinema de Cannes, além de outros festivais em Berlin e Toronto.

O valor previsto para bancar a farra será desembolsado pela Apex é de R$ 7,5 milhões.

Sim.

SETE MILHÕES E MEIO DE REAIS.

Para bancar viagens de produtores…

Enquanto o brasileiro mal consegue atendimento em posto de saúde por falta de recursos.

A FPI publicou o documento com a descrição do convênio. Cliquem aqui para acessá-lo. Garantimos a ausência de vírus no arquivo.

A ex-diretora da Apex, Leticia Catelani, teria negado a renovação do convênio, seguindo as determinações do Presidente da República, Jair Bolsonaro, com o objetivo de reorientar as prioridades da Agência.

Segundo o site, por conta dessa recusa, ela foi pressionada por pessoas ligadas ao Ministro Santo Cruz, que precisava garantir a continuidade desse convênio que não tem um cheiro muito agradável.

O POLITZ noticiou que ela foi despedida do cargo de Diretora.

E para apimentar mais ainda a história, o Dep. Alexandre Frota, um notório bloqueador de seguidores em redes sociais, inclusive tendo bloqueado o POLITZ sem nenhum motivo, teria comunicado em seu Twitter que se reuniu com o presidente novo da Apex, Sergio Segovia, para supostamente tratar sobre esse assunto.

Ele também teria reclamado do Brasil ter ficado de fora do Festival de Cannes e atribuiu a culpa à “gestão caótica da agência”, dirigindo suas críticas ao chanceler Ernesto Araújo, e a própria ex-diretora Leticia Catelani.

O Crítica Nacional ainda afirmou que a pressão para renovar o convênio veio do próprio Alexandre Frota.

São Paulo votou muito bem, né?


Outra(s) Fonte(s) da(s) Informação(ões):

Instagram de Alexandre Frota


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!