Eduardo Bolsonaro sobre a demissão da diretora da Apex: “Novos fatos virão à tona”

Publicado em 08/05/19.

A FPI conhecida como O Antagonista está cobrindo recentes eventos quanto à demissão da Letícia Catelani da Apex.

Segundo a informação da mídia, Eduardo Bolsonaro recusou ter colocado em votação um convite para que ela seja ouvida pela Comissão de Relações Exteriores na Câmara afgirmando:

“Certamente hoje é um dia que novos fatos virão à tona”

Queremos saber quais fatos são esses e que contratos tiveram pressão para serem mantidos e por quem.

O POLITZ está inteiramente aberto para caso alguma fonte queira falar sobre o assunto.

Hoje mais cedo, a mesma FPI afirmou que Eduardo teria alegado que “não dá para colocar o requerimento em apreciação no calor dos acontecimentos e com base em apenas um tuíte”.

Convenhamos que essa história está ficando esquisita.

Tudo começou ontem, com essa notícia:

Ex-diretora da Apex afirma que “sofreu pressão do governo para manter contratos espúrios”


Você gosta do nosso trabalho? Que tal contribuir conosco? Somos uma mídia independente que não recebe dinheiro de políticos.

Considere nos apoiar com qualquer valor clicando aqui.


Não esqueça de visitar o #FórumPOLITZ, a comunidade que mais cresce no Brasil!