A África do Sul foi pega de surpresa após uma misteriosa morte de um ex-policial, Mark Minnie, um católico devoto.

Ele tinha denunciado a uma semana atrás detalhes horríveis sobre um suposto círculo de pedofilia dentro do próprio governo.

A FPI informou que ele foi encontrado com um tiro na cabeça e afirmava que ele temia pela sua própria vida.