Na sabatina promovida pelo Jornal Nacional, o programa jornalístico de maior audiência no Brasil, Jair Bolsonaro sacou a famigerada “cartilha LGBT” ao vivo para o Brasil inteiro.

O mais engraçado é que o jornalista Bonner literalmente censurou a cartilha ao vivo, pedindo “respeito ao telespectador” e as crianças que estavam assistindo o programa. Então quer dizer que fornecer ela gratuitamente para crianças e adolescentes da rede pública de ensino é permitido mas mostrar ela em cadeia nacional não é? Hmmm….

Isso está dando o que falar na internet e favorecendo bastante o ponto de vista do candidato Bolsonaro. O tweet do POLITZ sobre o assunto recebeu um nível altíssimo de engajamento como podem ver:

Quase 3 mil curtidas até o momento do fechamento da edição dessa postagem.

Mas o que é essa tal cartilha que todo mundo está falando?

Jair Bolsonaro fez um vídeo explicando. Confira com os próprios olhos: