Acompanhar a esquerda no Brasil (e até no mund0) chega a ser engraçado, no final, a própria ideologia deles prega armadilhas infalíveis para seus forçados discursos hipócritas provando o oportunismo característico de graves falhas nas narrativas artificiais impostas pelo monopólio cultural esquerdista.

Mourão está sendo bastante criticado por esses monopólios culturais por ter afirmado que famílias sem pais “são fábricas de elementos indesejados“.

Mas ele está certo, gostem vocês ou não. As estatísticas não mentem.

Em 2008 Barack Obama fez um discurso na Igreja de Chicago, no dia 15 de Junho:

“Mais de metade de todas as crianças negras vivem em casas com famílias únicas, um número que dobrou, desde que éramos crianças”.

Obama na época fez forte críticas a esses pais que abandonam as suas famílias e ainda disse:

“Responsabilidade não termina na concepção. Eles agem como crianças e não como homens”.

E Barack Obama continuou, firme e forte:

“Crianças que crescem sem a figura paterna possuem cinco vezes mais chance de viver na pobreza e cometer algum crime. Nove vezes mais provável que larguem a escola e vinte vezes mais provável que acabem em uma prisão”.

Segura esse Obama, radical, da extrema direita, ditador, extremista, fascista e taxista!

GRITE COMIGO SHEHERAZADE! VAMOS LUTAR CONTRA ESSE GENERAL FASCISTA MACHISTA TAXISTA! Só que não, né fia. Sua lacração está tão vazia quanto as posições que você vem defendendo, será que você mesmo acredita nessas bobagens que você anda postando?

Ninguém está desmerecendo o trabalho Herculano das mães e das avós solteiras, sua lacradeira. O problema lacração é esse: argumentos infantis são facilmente derrubados com argumentos de gente adulta. Todos nós sabemos a importância da família, a Bíblia fala isso a séculos.

Em 2006, casas de famílias únicas americanas eram majoritariamente compostas por mulheres solteiras, pasmem: 91,4% delas.

Dr. Alvin Poussaint, um psiquiatra de Harvard escreveu um livro junto com Bill Cosby, que afirma estatisticamente que os comentários de Barack Obama são verdadeiros: a ausência dos pais no ambiente familiar pode sim criar graves consequências para as crianças, inclusive para largar a escola e acabar sendo preso.

As declarações de Barack Obama são bastante comprovadas com dados científicos e por consequência, as declarações do próprio General Mourão.

O próprio O Antagonista citou uma reportagem da Folha de São Paulo de 2007: “Um estudo dos economistas Gabriel Hartung e Samuel Pessoa, da FGV, conclui que fatores como maior proporção de filhos de mães adolescentes ou de famílias onde não há o pai ou a mãe presente aumentam a criminalidade”. No estudo, eles afirmam que a literatura criminal já descobriu fortes evidências de que crianças nascidas de mães solteiras, criadas sem o pai ou nascidas de mães com baixa escolaridade têm mais probabilidade de se envolver em crimes.”

A Folha de São Paulo também confirma as estatísticas. Segundo a reportagem deles de 2016, 2 em 3 menores infratores não têm pai dentro de suas próprias casas.

A importância do assunto é tanta que o próprio Procurador Ailton Benedito também tocou no assunto:

É óbvio que a esquerda se enrolou mais uma vez para impor uma narrativa. Se enrolou nas suas próprias armadilhas criadas por emaranhados artificiais de ideologias falhas que no fundo só servem para atacar opositores políticos, sem qualquer tipo de base com a realidade.

Quem diria que um dia o POLITZ teria que concordar com Barack Obama.