Candidatos só poderão ser presos em flagrante, à partir deste sábado.

É o que informa a Lei Eleitoral, proibindo prisões dos candidatos 15 dias antes das eleições.

Isso serve para evitar que certos ‘coronéis’ mandem prender seus concorrentes.

Após o primeiro turno no dia 7 de outubro, a norma valerá apenas para os que chegarem ao segundo turno.

O POLITZ tem em mente alguns políticos de alguns partidos que desejariam que essa lei fosse permanente, rs.