O protótipo Dragonfly desenvolvido pelo Google será a nova ferramenta criada pela gigante orwelliana para ajudar na perseguição de cidadãos chineses pela ditadura comunista no país.

O protótipo está sendo desenvolvido para ser usado nos sistemas de busca da China e permitirá que a ditadura identifique pessoalmente quem pesquisar determinados termos, através do telefone celular.

A ferramenta do Google está sendo desenvolvida em conjunto com uma estatal chinesa (lembrando que todas as empresas na China são estatais, mesmo que tenha participação privada) e permitirá que a ditadura manipule os resultados das pesquisas, suprimindo termos e modificando suas posições no ranking.

Eles abandonaram de vez o mote “Não fazer o mau”. O Google se transformou na pura personificação da maldade.

Orwell só errou o ano mesmo, 1984 é agora, como a gente sempre fala.

Deus nos livre disso.